Sem Nome - Cargaleiro - Serigrafia de 1984

Produto n.º: 140
Preço (sem IVA): €406,50
Preço (com IVA): €500,00
Disponibilidade: Em stock
  • Fabricante: Cargaleiro

140 - Manuel Cargaleiro - Reprodução sobre papel, assinada manualmente pelo artista e datada de 1984, mancha colorida com 27x21 cm, moldura com 53x43 cm. NOTA: Esta reprodução foi valorizada com uma assinatura manual do mestre. A exploração da cor tornou-se uma das principais características da produção artística de Manuel Cargaleiro. Seja pintura, cerâmica ou têxtil, o artista utiliza a cor para definir formas, determinar estações do ano, revelar sentimentos ou para criar espaços múltiplos numa só composição. Como exemplo, nos anos 90, o estudo cromático surge no trabalho de luz e cor do óleo Mensagem tranquila e muito secreta no contorno de motivos vegetalistas do Triptyque Fleuri, ambos de 1990, ou ainda na ilusão de profundidade dos pratos de 1994. Em 1999, o Primeiro Grande Prémio Internacional "Viaggio attraverso la Ceramica" de Vietri sul Mare, em Itália, foi atribuído a Manuel Cargaleiro. Este momento representou o início de uma estreita relação entre o artista e a região, local com longa tradição de cerâmica. Em 2000, o artista começou a produzir cerâmica nas fábricas desse território que resultaram na criação de placas e painéis de azulejos notáveis pela sua dimensão e resistência. Manuel Cargaleiro encontrou em Vietri sul Mare uma sofisticação tecnológica ao seu dispor, uma nova fase na sua produção artística, um local onde pode inovar e inspirar artistas, alguns dos quais presentes na Coleção. Reconhecendo a importância do artista foi inaugurado em Vietri Sul Mare, no ano de 2004, um espaço museológico com o seu nome – Museo Artistico Industriale di Ceramica Manuel Cargaleiro, que em 2014 passa para novo espaço museológico, desta vez em Ravello, cidade na província de Salerno, na costa de Amalfi - região no sul de Itália, que em 2015 é reestruturado para Fundazione Museo Manuel Cargaleiro.

Em 2014 é inaugurado o equipamento cultural Oficina de Artes Manuel Cargaleiro, no concelho do Seixal, que pretende divulgar a obra de Manuel Cargaleiro, tendo em junho de 2016 a sua exposição inaugural A Essência da Forma com obras de Cargaleiro e de Siza Vieira, autor do projeto do edifício. No ano seguinte, em 2015, Manuel Cargaleiro recebe o Prémio Obra de Vida do projeto SOS Azulejo, dedicado à salvaguarda e valorização do património azulejar português e coordenado pelo Museu da Polícia Judiciária. Em 2016 Manuel Cargaleiro encontra-se representado em permanência na Helene Bailly Gallery, em Paris.

Fine Art Gallery

 

With registered offices at Rua de Gil Vicente 86-A – Coimbra, Portugal, Albuquerque e Lima is a limited company, registered with Coimbra Register of Companies.

 

 With a share capital of 15,500 Euros, its interests lie in the fields of Human Health and Art. With regard to Art, its corporate purpose consists in the promotion, sale and dissemination of artworks in the fields of painting, sculpture and design. With regard to Health, its corporate purpose is the pursuit of activities in the field of human medicine.

 

Within the field of Medicine, the company has interests in Forensic Traumatology, Orthopedics and Assessment of Bodily Injury. Its medical activities take place at Rua Egas Moniz, Lote14 - Loja 5 - Coimbra, Portugal (Medical/Legal Expert Report Centre).

 

 The company’s Art Gallery, located at Rua de Gil Vicente 86-A – Coimbra, Portugal, is the venue for most of Albuquerque e Lima’s art-related activities.